segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Dia Mundial da Prematuridade

Foto: JN 


Comemorou-se ontem o dia Mundial da Prematuridade e foto acima foi capa do Jornal de Notícias, uma foto algo perturbadora, mas  explicita para quem viveu com um bebé prematuro de perto, é tal e qual isto, cabem nas nossas mãos, tão pequeninos que são.
Em Outubro de 2006, toda a minha família  viveu o nascimento do A. de uma forma apreensiva, pois só estava prevista para Dezembro, ou seja 2 meses antes.  

São  bebés especiais, não porque são diferentes, pois embora possam ficam com sequelas o que por norma não ficam, são especiais porque são uns lutadores, lutam para sobreviver, cada quilo  ganho é uma batalha, cada infecção que ultrapassam é uma verdadeira vitória. 

Hoje o meu sobrinho A. é um menino de 7 anos sem qualquer sequela, que sabe que nasceu muito pequenino e que só saiu do hospital para passar o Natal connosco e como disse ontem ao ouvir as noticias, " eu faço partes destes tia..." 
Segundo o JN, o nascimento de bebés prematuros está a aumentar havendo, várias causas como as gravidezes cada vez mais tardias ou o tabagismo, o recurso a técnicas de procriação medicamente assistida e as melhorias nos cuidados obstétricos são factores que ajudam a explicar estes partos antes do tempo previsto.
 Certo, é que estes bebes noutras épocas não teriam resistido, certo é que merecem a nossa admiração. 

5 comentários:

Helena Pereira disse...

São mesmo especiais. Conheço dois casos de prematuros com cerca de apenas 27 semanas. Vi um deles na Neo pouco depois de nascer e ver ao vivo um recém nascido de 27 semana é algo que nos deixa com um nó na garganta. Foi uma luta mas hoje é uma criança de 8 anos com uma vida normal. O outro caso é uma menina também com 27 semanas mas so vi fotografias. Hoje ela tem 3 anos e continua a desenvolver-se bem, e também teve muitas lutas no primeiro ano de vida. São historias de vida que nos marcam e uns pequenos guerreiros.
Beijinhos grandes.

Mint Julep disse...

Ambos os filhos da minha irmã nasceram 1 mês antes do tempo previsto. A mais velha era muito pequenina, muito magrelas, e era um problema para que ela se alimentasse. Já o rapaz, tinha 56 cm quando nasceu, e 3,500kg quando nasceu, um mês antes. Nem quero imaginar se a gravidez tivesse sido de termo, o gigantone que não tinha saltado cá para fora, medo!!
Já o meu nasceu mais de 2 semanas depois do prazo...
http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

A Minha Essência disse...

Eu nasci de 7 meses. Cá estou. Mas sim, são especiais, sem dúvida! Principalmente os que nascem com menos de 20 semanas.

:)

Gaja Maria disse...

O meu mais velho também é prematuro. Era mesmo mini, media 42 cm. Teve algumas complicações de saúde em bébé e o crescimento dele foi mesmo muito lento até a adolescência mas agora está um rapagão absolutamente normal e saudável. Sim, são uns lutadores. :D

L. das horas disse...

Olha, eu também sou dessas! As águas da minha mãe rebentaram aos 6 meses. Nasci com 6 meses e 3 semanas, fiquei um mês no hospital até chegar aos 2kg. Fou há 28 anos atrás... Fui sempre mais atrasada no crescimento, mas agora sou sempre das mais altas. Sou normal, acho eu :), e não fiquei com menhuma sequela.