terça-feira, 26 de novembro de 2013

A minha carta a André Vilas Boas



André, desculpe tratá-lo assim pelo nome, como se fossemos grandes amigos, mas simpatizo consigo,  apesar de me impor a maior das humilhações pelas quais passei, os 5-0 com que envergonhaste  o meu clube, num dia frio de Dezembro. Nunca mais vou esquecer esse dia, a dor profunda que senti, fui sujeita a todo o tipo de  piadas e piadolas, os saltos de contentamento de toda a sua equipa ficaram na minha memória, assim como o seu ar de gozo ( não o censuro, é legitimo), mas eis que Domingo,  mais precisamente a 2 semanas do fatídico dia 7 de Dezembro, a equipa do André levou 6 secas e saiu de campo  cabisbaixo, também não censuro.
André, já sentiu o que eu senti, já sabe o que é desejar que o jogo acabe ao intervalo, já sabe como é olhar  com os olhos a latejar de "raiva" para quem nos humilhou  e com sorte também foi para a cama sem jantar. 
Mas termino como comecei, simpatizo consigo .
Atentamente :) 

3 comentários:

Suricate disse...

Bolas, bolas:)
Que jogo foi este?!

Na Província disse...

Foi este fim de semana em que Manchester City goleou o Tottenham por 6-0. :)

A Pimenta* disse...

Oh eu também gosto dele :)